Tipos de iluminação para uma casa

Compartilhe com seus amigos

Existem diversas etapas importantíssimas na hora de uma reforma ou construção e uma dela é a iluminação.  Ter um ambiente iluminado dá a possibilidade de criar diversas atmosferas, destacar objetos e até mesmo ter mais facilidade nas atividades domésticas. Pensando nisso, a Geimper Reformas trouxe os principais tipos de iluminação e como você pode implantá-los.

Iluminação Direta

Como o próprio nome já diz, iluminação direta é aquela em que a luz atinge de forma direta sobre as superfícies. Esse tipo de iluminação é muito comum em escritórios e salas de estudo, já que ela facilita a leitura e a utilização de computadores ou notebooks. Quando se quer destacar algum objeto, a iluminação direta também é uma boa escolha.

Diversos acessórios podem ser utilizados para realizar o efeito da iluminação direta, como pendentes, spots, luminárias de mesa e abajures. A principal vantagem, como dito anteriormente, é a possibilidade de clarear uma superfície sem prejudicar a decoração. Porém, ela pode se tornar cansativa, já que cria uma diferença visível entre as sombras. Isso piora se a iluminação direta for utilizada em locais que possua espelhos, mármores ou qualquer material que reflete a luz.

Iluminação Indireta

Ela possui um diferencial peculiar, pois incide em uma superfície próxima, para que possa se espalhar por todo ambiente, deixando o local todo iluminado. Por não ser muito invasiva, ela acaba criando um local mais aconchegante. É recomendável em locais como sala de estar, quartos ou até mesmo banheiros.

Ela pode ser utilizada em pontos no chão ou até mesmo implantada no gesso da casa. Arandelas e spots são responsáveis por dar esse clima intimista. A principal vantagem da iluminação indireta é a sua suavidade e difusão, permitindo um conforto visual. Além disso, ela não ocasiona problemas com calor térmico, deixando o ambiente fresco. Uma dica para aproveitar ao máximo o desempenho da iluminação indireta é coloca-las em ambientes claros.

Iluminação Difusa

Esse tipo de iluminação, como o próprio nome sugere, necessita de um difusor para suavizar a luz, como vidros ou acrílicos. É a mais versátil entre todos os tipos de iluminação, podendo ser utilizado em diversos cômodos, como salas, quartos, cozinhas e banheiros. Ela funciona de uma forma que distribui o fluxo de luz uniformemente, de forma que todo o ambiente seja iluminado.

O interessante a se utilizar para criar uma iluminação difusa são luminárias com vidros leitosos ou com tecidos mais claros. Obs: esse tipo de iluminação deve ser utilizado em conjunto com outros tipos, como o indireto ou direto.

Como escolher a ideal?

Bem, isso vai depender e muito da decoração de sua casa. Se ela possui um clima mais intimista, utilizar a luz indireta é uma excelente opção. Mas se você possui objetos de arte que queira destacar ou criar um ponto de foco, a iluminação direta é a melhor escolha. Tudo isso depende do seu estilo de decoração.

Se você gostou desse artigo, confira muito mais em nosso blog. Aqui, você encontra dicas de reforma, decoração e muito mais. Compartilhe em suas redes sociais e até a próxima!!!


Compartilhe com seus amigos

Facebook Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *